Arquivo da categoria: Para Refletir

Uma revolução contra as explicações?

“Jamais a espécie humana mudará de natureza; ela é abestalhada pelas explicações, é um fato. E esse fato é tão velho quanto o mundo. Um pequeno povoado, aqui e acolá, se sublevará de tempos em tempos contra as explicações. Quando, … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , | Deixe um comentário

Poema de Érika Martinez

A CASA EM CIMA (Poema de Érika Martinez. Tradução: blog Boca do Mangue) Tantos séculos removendo essa terra que tem pisado o gado e alimentado o gado e os homens que regaram essa terra com o leito negro de seu … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , | Deixe um comentário

De que valeria a obstinação do saber senão para o descaminho daquele que conhece?

“Quanto ao motivo que me impulsionou foi muito simples. Para alguns, espero, esse motivo poderá ser suficiente por ele mesmo. É a curiosidade – em todo caso, a única espécie de curiosidade que vale a pena ser praticada com um pouco … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Deleuze: “Eu não quero discípulos”

CLAIRE PARNET: Você nunca quis nem escola nem discípulos. Essa recusa de discípulos é algo muito profundo em você? GILLES DELEUZE: Eu não os recuso. Geralmente, uma recusa é recíproca. Ninguém quer ser meu discípulo. Eu não quero ter nenhum. … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , , | 1 Comentário

Belo poema de Borges sobre Spinoza

SPINOZA Por Jorge Luis Borges As translúcidas mãos desse judeu Na penumbra cinzelam os cristais, E a tarde que se esvai é medo e frio. (As tardes sempre às tardes são iguais). As mãos, bem como o espaço de Jacinto … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , | 3 Comentários

A experiência pessoal é tudo

E assim, voltamos a começar desde o princípio, como se todo aprendizado tivesse sido inútil. Continuava impossível para mim permanecer sem intenção dentro, como se fosse possível escapar de um caminho por demais viciado, até que um dia perguntei ao … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , | Deixe um comentário

A rebelião dos maruins

  O maruim é um mosquitinho pequeno, apenas um pontinho preto.  Gruda na sua pele e provoca uma coceira daquelas. É um mosquito suicida porque ele gruda e só sai de lá esmagado. Os humanos invadem o mangue e o … Continuar lendo

Publicado em Para Refletir | Marcado com , , | Deixe um comentário